16.524 canciones, 909 comentarios, 1.384 artistas, 2.080 álbums, 1.061 usuarios (607 visitantes online) y 0 conciertos.

Colaborar

Instrucciones para colaborar

  • Escribe el nombre o título de la manera más exacta y completa posible.
  • Si envías letras o traducciones de canciones, respeta los saltos de línea al final de cada verso.
  • No escribas todo en mayúsculas.
  • Si envías un nuevo artista, recuerda que un número significativo de sus canciones tiene que ser en euskera.

Ayuda para la traducción

Canoa de vela erguida
Que vens do cais da ribeira
Gaivota que anda perdida
Sem encontrar companheira
O vento sopra nas praias
O sol parece um morango
E o tejo baila com as vagas....
A ensaiar um fandango

Canoa, conheces bem
Quantas docas quando à norte pela proa
Quantas docas tem lisboa
E as muralhas q ela tem

Canoa, por onde vais
Se algum barco te abalrroa,
Nunca mais voltas ao cais
Nunca, nunca nunca mais

Canoa de vela panda
Que vens da boca da barra
E trazes na aragem branda,
Gemidos de uma guitarra
Teu arrais prendeu a vela
E se adormeceu deixa-lo
Agora muita cautela
Não faz o mar acordá-lo

Canoa, conheces bem,
Quando à norte pela proa,
Quantas docas tem lisboa,
E as muralhas que ela tem

Refrão:

Canoa, por onde vais
Se algum barco te abalrroa,
Nunca mais voltas ao cais,
Nunca nunca, nunca mais
Enviar una traducción

Cargando... Trabajando...